SEO: 10 erros mais comuns

SEO: 10 erros mais comuns

Que o SEO é uma das formas mais eficazes para conquistar a visibilidade do seu site junto aos resultados das buscas do Google você já deve saber.

E que o tráfego orgânico é um fator que pode trazer excelentes resultados para o seu negócio ninguém pode negar.

Então, você deve também saber que trabalhar a sua marca com um conteúdo impecável é algo de extrema importância para garantir que sua empresa seja encontrada pelo seu público-alvo na internet.

O que talvez você não saiba é que a maioria das empresas comete alguns erros comuns que podem dificultar esse processo e causar um efeito contrário.

Erro 1- Escolher palavras-chaves erradas

As palavras-chaves são o ponto de partida para uma boa otimização de site, pois são os termos que você deseja que seu site seja classificado pelo Google.

Um dos principais erros é negligenciar o uso de termos de cauda longa e a maneira como as pessoas procuram pelo seu produto.

Muitas vezes os termos que você usa para se referir ao seu negócio pode ser muito diferente da forma como as pessoas buscam pelo assunto.

Além de escolher o termo mais usual pelo seu público-alvo, evite usar termos muito genéricos.

Antes de começar a otimização, faça uma pesquisa detalhada. Algumas ferramentas podem ajudar nesse processo, tais como: MOZ Keyword, SEMRush e o próprio Google Adwords.

Erro 2 – Repetir demais palavras-chaves nos seus textos

Muitos sites no intuito de tentar ranquear melhor uma determinada palavra-chave, as repetem inúmeras vezes no mesmo texto.

Saiba que isso é um grave erro, pois o mecanismo de busca detecta essa prática como SPAM, prejudicando o seu site ao invés de ajudar.

Portanto, evite o uso excessivo das palavras-chaves que deseja dar visibilidade, pois prejudica no posicionamento e também torna o seu texto difícil de ler e pouco natural.

Não é necessário utilizar muitas repetições da mesma palavra-chave, até por que o Google hoje utiliza uma ferramenta chamada LSI, na qual é capaz de reconhecer o tema do seu conteúdo sem a necessidade de ler repetidas vezes a mesma palavra-chave.

Erro 3 – Perder o foco do tema principal

Muitos sites criam conteúdos que tratam de assuntos diferentes das palavras-chaves principais do seu negócio.

O Google tenta posicionar nas primeiras colocações dos resultados das pesquisas os sites mais relevantes para determinado assunto. Por isso, o seu site precisa ser completo e rico em relação ao assunto que deseja se posicionar.

Não adianta rechear seu site de textos pouco relevantes ou que tratam de assuntos distintos do seu negócio.

Os mecanismos de buscas são inteligentes para detectar qualquer manipulação que force o uso de uma palavra-chave em um texto com conteúdo diferente, ou seja, eles rastreiam o conteúdo para identificar a correspondência com a palavra-chave que você está tentando otimizar.

Erro 4 – Falta de ineditismo

O Google e os demais buscadores privilegiam conteúdos inéditos.

Não adianta, portanto, copiar textos de outros sites e publicá-los no seu site ou blog.

Destine um tempo da sua agenda para produzir textos próprios. Além de ajudar no posicionamento do seu site, mostra também ao seu público que você é especialista no seu ramo de atuação.

Se você tem um blog no seu site, destine um tempo para escrever textos que sejam interessantes para o seu público-alvo e que traga informações novas e relevantes.

Ainda que não seja um assunto totalmente novo, pelo menos ofereça conteúdos que possam trazer um olhar diferente ou informações interessantes que possam chamar a atenção.

Erro 5 – Site lento e não amigável aos dispositivos móveis

A experiência do usuário é uma preocupação a ser considerada. Um site lento ou que não seja amigável aos dispositivos móveis pode ser prejudicado no posicionamento das buscas.

Muitas pessoas acham que a otimização depende só de bom conteúdo, backlinks e acertos nas codificações, porém a rapidez no carregamento e ser amigável aos dispositivos móveis é algo de extrema importância e podem comprometer o seu bom posicionamento nos resultados das pesquisas.

Se o seu site ainda não está preparado para abrir corretamente nos smartphones e tablets considere fortemente trocar de site.

E se é um site lento procure identificar os motivos e tente corrigi-los o quanto antes.

Muitas vezes só usar aceleradores ou trocar de plano de hospedagem já podem ajudar.

Erro 6 – Não preparar o site para busca local.

Se o seu negócio é focado em atender um público que se concentra em uma determinada região é importante aprender mais sobre a busca local.

Erro 7 – Manter o mesmo título e descrição de página para todo o site

Pode parecer um erro primário, mas ainda é cometido em muitos sites.

Cada página deve ter um título único, assim como, ter uma descrição diferente de acordo com o assunto da página.

É muito importante ter um título e uma descrição exclusiva para cada página.

Crie títulos únicos e persuasivos e coloque uma meta-descrição personalizada para chamar a atenção do público e faça com que cliquem no seu link ao vê-lo nos resultados da busca.

Erro 8 – Usar o mesmo texto âncora para todos os links

Procure otimizar o seu texto âncora, utilizando palavras diferentes para cada página.

Use variações na frase e não usar a mesma palavra-chave várias vezes.

Erro 9 – Se concentrar na quantidade de backlinks ao invés da qualidade

A quantidade de links externos que apontam para o seu site (backlinks) são um dos principais fatores para um bom posicionamento junto aos resultados das buscas.

No entanto, muitas pessoas se esforçam para gerar o maior número de backlinks sem se preocupar com a qualidade.

O link de um blog de autoridade que tenha popularidade junto ao seu segmento de atuação pode valer muito mais do que centenas de links de baixa qualidade.

Embora um link de qualidade seja muito mais difícil de conseguir, pode trazer muito mais visibilidade, pois transmite credibilidade é uma fonte confiável que o Google privilegia.

Erro 10 – Não utilizar corretamente o Redirecionamento 301 e 302

Sempre que o conteúdo de uma página for trocado de url, o Google irá considerá-lo como uma página nova e sem histórico de classificação. Isso significa que se você tem uma página bem posicionada e por algum motivo muda a URL mantendo o mesmo conteúdo, ainda assim, o Google entenderá que é uma página nova e desconsiderará o posicionamento antigo, o que pode gerar queda no posicionamento.

Por isso, não se pode esquecer que aplicar um redirecionamento de uma URL para a outra. Esse redirecionamento pode ser permanente (301) ou temporário (302).

Então se por ventura você precisar trocar a URL do seu site que hoje tenha autoridade e um bom posicionamento, não se esqueça de fazer o redirecionamento, para não perder os backlinks e a autoridade da página já estabelecida.

Por Priscila Falchi – Consultora de Marketing Digital e fundadora da Modernizza Marketing.

Gostou? Deixe o seu comentário.

Criação de site: O primeiro passo para a presença online da sua empresa

Criação de site: O primeiro passo para a presença online da sua empresa

Como a criação de site pode impactar na presença online da sua empresa.

O sucesso do seu negócio depende de muitos fatores e ter uma boa presença na internet sem dúvida é um deles.

Seja qual for o segmento de mercado, ter um website profissional e uma boa presença nas redes sociais pode potencializar significativamente a divulgação dos seus produtos e serviços e, mais que isso, pode aumentar as suas vendas.

Mesmo que você ofereça um produto físico para compra direta no seu estabelecimento ou um serviço vendido de forma pessoal, a presença online pode ajudar a trazer novos clientes, chamar a atenção para o seu negócio e mostrar os seus diferenciais em relação à sua concorrência.

Muitos empresários acreditam que a internet só funciona para vender produtos online, o que é um grande engano.

A internet é hoje um dos maiores canais de vendas, independentemente do seu mercado de atuação, e funciona como uma vitrine que expõe a sua marca, produtos e serviços de maneira eficiente e econômica.

Muitas são as formas de aparecer na internet e vão desde vídeos em canais do Youtube, perfis nas redes sociais até a participação comunidades online, mas nenhuma delas é tão poderosa quanto ter um website profissional exclusivo e diferenciado.

Por isso, o website institucional deve ser o ponto de partida para ter uma boa presença online e estar na vitrine do mercado para apresentar de maneira profissional a sua empresa aos seus futuros clientes.

A verdade é que, ou você cria um website profissional ou passará uma imagem amadora da sua empresa ao mercado.

Mesmo que a sua empresa seja pequena e local, o website corporativo é o que diferenciará o seu negócio dos seus concorrentes.
Por meio do site você poderá descrever todos os seus diferenciais, mostrar a sua personalidade e os seus atrativos para o público-alvo.

Agora que você já sabe a importância de ter um website institucional, o próximo passo é saber como ter o site certo para o perfil da sua empresa.

Como ter um website profissional

Antes de tudo pense que o website profissional deve ser criado para atrair os seus clientes potenciais, portanto crie um site de acordo com as necessidades, o perfil e as preferência do seu público-alvo.
Se você não sabe como criar um site, pense que existem atualmente muitos recursos e empresas especializadas na criação de sites profissionais, como Modernizza por exemplo.
Você até pode optar por sistemas de criação de sites automáticos que oferecem soluções para que você mesmo crie seu próprio site, mas saiba que para isso você precisará de muito tempo e conhecimentos em design para criar algo profissional.
A única desvantagem desses sistemas de criação de sites automáticos é que são um pouco “engessados” e limitados, não oferecendo uma solução totalmente personalizada, além de não proporcionarem sites que apareçam nas pesquisas do Google.

O que um website profissional precisa ter

Primeiramente é preciso ter uma boa carta de vendas, ou seja, crie um texto que mostre quais problemas a sua empresa resolve, quais benefícios e transformações o seu produto ou serviço trará para os seus clientes e quais os seus diferenciais de mercado. Além de incluir uma boa oferta.
Inclua botões de chamadas de ação em todas as suas páginas para facilitar a forma do seu público contatá-lo e insira textos claros e objetivos.
Separe um tempo para elaborar textos atrativos e que descrevam precisamente o seu negócio, seus produtos e os seus serviços e, se possível, inclua um blog corporativo dentro do seu site.
Os blogs corporativos além de ajudarem os seus clientes potenciais a entenderem mais sobre o seu segmento de mercado, ajudam a distribuir conteúdo que são importantes para mostrar a sua expertise e a melhorar o posicionamento do seu site nos resultados das buscas do Google.
Isso porque a geração de conteúdos é um dos critérios que o Google usa para determinar o posicionamento de um site nos resultados das buscas.

Como aparecer no Google

Se você quer um site que além de um design profissional, também esteja preparado para ter uma boa visibilidade nos resultados das pesquisas dos sites de buscas, como o Google, a recomendação é contratar uma agência de marketing que ofereça web design e serviço de otimização de sites – SEO.

Essa recomendação é importante, pois muitos empresários acreditam que apenas colocar um site qualquer no ar já é o suficiente para que ele tenha uma boa visibilidade nos resultados das buscas, no entanto, infelizmente não é assim que as coisas funcionam.

Não basta apenas publicar um site, é preciso que seja feito um trabalho de otimização para que ele possa ter chances de ocupar as primeiras páginas dos resultados das pesquisas.

Além disso, é preciso mantê-lo constantemente atualizado para que possa ter destaque e manter-se nas primeiras posições nos resultados das buscas.
A boa notícia é que se você não tem tempo para escrever textos e manter o site personalizado, você pode contratar uma empresa para cuidar disso para você.
Tenha backlinks, ou seja, links de outros sites apontando para o seu, isso também é um fator de grande importância para alcançar um bom posicionamento das pesquisas.

Como ter uma boa presença online

Outra estratégia eficiente para ter uma boa visibilidade na internet, ou seja ter presença online,  é usufruir das redes sociais e criar perfis que disponham de conteúdos que chamem a atenção do seu público-alvo e levem-nos para o seu website.
Crie textos no seu blog corporativo dentro do seu site e compartilhe-os nas redes sociais.
Se possível, crie vídeos publique-os no Youtube e no seu site e distribua nas redes sociais.

Conclusão

O que comentei até aqui é uma pequena parte do que a internet pode proporcionar ao seu negócio, seja uma pequena empresa ou uma grande corporação,  e é apenas o ponto de partida para aumentar as suas vendas, mas já é algo que pode trazer resultados significativos para melhorar os resultados da sua empresa.
Por isso, construa um site profissional para a sua empresa e utilize-o como um canal poderoso de comunicação para atrair o público certo para o seu negócio.
Use o seu site para aumentar as suas vendas e melhorar os resultados da sua empresa.
Se quer saber mais ou se precisa de ajuda para alavancar o seu negócio por meio da internet, entre em contato conosco. Nossa equipe está pronta para ajudá-lo a levar a sua empresa para o próximo nível.  Entre em contato conosco.

Como ter um site profissional

Como ter um site profissional

Uma das melhores formas de comunicar uma empresa ao mercado é criar o website corporativo. E isso vale tanto para as pequenas empresas quanto para as grandes corporações.

O site, porém, deve ser mais do que um simples “cartão de visitas” online, devendo atender ao propósito de gerar leads, ou seja, atrair contatos qualificados que tenham interesse em comprar os seus produtos e serviços.

O que notamos, no entanto, é que a maioria das empresas que nos procura aqui na Modernizza para desenvolver os seus websites, está interessada apenas em desenvolver um site bonito e moderno, acreditando só que isso seja o suficiente para atingir os seus objetivos.

Claro que beleza e modernidade é algo muito importante, porém, o design atraente é só uma parte do que é necessário para ter um site que gere resultados efetivos.

O primeiro passo para a construção de um site profissional é entender o perfil do seu público-alvo, para que se possa criar páginas que contenham uma forma de comunicação alinhada às suas características específicas.

Evite seguir apenas as suas preferências pessoais. Pense que o site deve ser construído para atrair um público específico, portanto, seja imparcial e use de empatia para perceber o que o seu público deseja ver.

Outro ponto importante é entender as necessidades desse público, para criar um conteúdo que gere interesse e prenda a atenção dos visitantes. Nesse quesito a pesquisa de mercado é importante, assim como, pesquisar o comportamento do consumidor e a concorrência.

Após essas definições, existem também algumas características que são importantes e devem ser contempladas em qualquer site profissional.

Dicas para elaborar um bom site profissional:

 

Coloque as informações mais importantes na página inicial

Tenha na home do site os tópicos mais importantes e coloque links para as páginas internas que falam mais sobre cada assunto.

Tenha uma página de produtos ou serviços

Parece óbvia a importância de ter uma página para destacar os produtos e serviços, no entanto, vemos muitos sites empresariais que não possuem de forma clara o seu portfólio e o que é ofertado. O usuário que entra no site pela primeira vez precisa encontrar facilmente o que a empresa oferece, o que faz e qual o seu negócio de atuação.

Tenha um blog ou página de notícias

Crie uma página de notícias ou um blog dentro do site, no qual possa publicar conteúdos relevantes para o seu público, e disponibilize um formulário para que o visitante deixe o seu contato para receber suas novidades e posts.

Evite colocar músicas, vinhetas sonoras e pop-ups

Embora já esteja em desuso pela maioria das empresas, muitas ainda utilizam em seus sites sons de entrada ou pop-ups. Essas práticas são vistas de maneira negativa pela maioria dos internautas, portanto, você deve evitá-las.

Tenha botões de CTA (call to action)

Crie botões de chamada para a ação. Dessa forma, em qualquer parte do site, o leitor terá a oportunidade de acessar a sua página de contato ou a página específica que você deseja que ele acesse, de forma fácil e prática.

Insira formulários de contato

Tenha um ou mais formulários nos quais a pessoa que navega no seu site possa preencher para solicitar mais informações sobre o seu negócio, pedir orçamento ou deixar o seu contato para receber mais informações.

Crie botões para as redes sociais

Insira no site botões de compartilhamento para que os leitores do seu site possam compartilhar os seus conteúdos nas redes sociais. Isso ajuda na divulgação da sua empresa e aproxima o público-alvo.

Tenha um site rápido

Tenha um site de rápido carregamento. A maioria dos internautas abandonam os sites que demoram para abrir. Dessa forma, invista não somente num webdesigner competente para elaborar um site rápido, como também num bom plano de hospedagem junto ao seu provedor. Muitas vezes os planos ruins de hospedagem são a principal razão pela lentidão de muitos sites.

Gere conteúdos próprios e relevantes

A geração de conteúdos próprios e relevantes faz com que o seu público se interesse e crie um engajamento com a sua empresa, além de ser  um dos fatores que levam a um bom posicionamento do site junto aos resultados dos sites de buscas, como o Google, por exemplo. Portanto, mantenha o seu site sempre atualizado e com conteúdos próprios e inéditos.

Evite construtores de sites prontos

Muitas empresas oferecem mecanismos para que você mesmo crie o seu site, porém essas ferramentas não são preparadas para criar sites que sejam indexados junto aos sites de buscas, além de não oferecerem recursos para a plena personalização. Para que o seu site seja lembrado é preciso oferecer algo único e diferente dos sites concorrentes.
Um site profissional é feito sob medida para cada empresa.

Desenvolva um site responsivo

Faça um site responsivo que são aqueles que possuem uma configuração de layout adaptável para diversos tamanhos de telas.
O site responsivo se adapta à resolução de tela do usuário, permitindo a fácil navegação por smartphones, tablets, desktops ou notebooks. Para saber mais sobre sites responsivos leia também o post Razões para ter um site responsivo.

Conclusão

Como vimos, um site profissional vai além do que um design bonito. É preciso tomar certos cuidados e aplicar técnicas para apresentar algo profissional, personalizado e que atraia clientes potenciais para a sua empresa.

Deseja mais informações? Deixe o seu comentário!

Por Priscila Falchi – Especialista em Marketing Digital e fundadora da Modernizza

Eye tracking, rastreamento do olhar na criação de sites

Eye tracking, rastreamento do olhar na criação de sites

Uma das questões abordadas pelo neuromarketing que ajuda na avaliação e construção de sites é o eye tracking.

O eye-tracking é uma metodologia de avaliação do comportamento visual das pessoas.

No caso este método de avaliação auxilia os webdesigners no processo de criação de seus websites, na medida em que as técnicas de eye-tracking ajudam a detectar possíveis problemas em determinadas áreas do site em relação a diversos aspectos relacionados à experiência do usuário, como usabilidade e imagens de destaque, por exemplo.

Com isso, os elementos do site, tais como: reposicionamento de informações, mudança de cores, determinação de locais de pontos de destaque, entre outros, podem ser alterados para proporcionar melhores resultados.

Além disso, com base nos pontos que mais chamam a atenção do usuário, pode-se inserir as informações principais que atendam aos objetivos das empresas. Por exemplo, não é à toa que as companhias aéreas colocam as informações sobre a venda de passagens do lado esquerdo da tela, logo abaixo de seu logotipo. Ocorre que este ponto é um dos primeiros vistos pelo usuário ao ler um site.
Normalmente a leitura segue da esquerda para a direita de cima para baixo. Se o propósito do site das companhias aéreas é vender passagens, então, a localização das promoções irá ocupar o espaço da parte superior esquerda da tela até parte de baixo para a direita.

Alguns mapas de estudo dos pontos mais chamativos, fazem o seu registro por meio de cores. Pontos de cores mais intensas nas partes principais são chamadas zonas de calor. Esse processo de mapeamento do comportamento do olhar do visitante do site, ou seja, o acompanhamento para onde vão os olhos do visitante, é feito por sistemas que captam os olhos do usuário e apontam na tela os pontos principais para onde olham, onde fixam os olhos, onde olham por mais tempo, e assim por diante.

Este mapeamento mostra possíveis tendências dos usuários e apontam os comportamentos de olhar mais comuns.
Outro exemplo de algo que chama a atenção do olhar, com base nessas estatísticas, é a palavra GRÁTIS. Em diversos casos, chama a atenção também a figura humana, ou se jam fotos de pessoas.

O eye-tracking ou rastreamento ocular com softwares e mapas de calor podem revelar tendências de comportamento e apoiar os webdesigners e principalmente os UX (designers de experiência do usuário) na criação de seus sites, principalmente nos websites de ecommerce.

Enfim, usando pistas visuais para guiar os visitantes com textos específicos, imagens e áreas de informações cuidadosamente bem posicionados, o site pode se tornar altamente eficaz e atender de maneira plena os objetivos da empresa.

Por Priscila Falchi

 

Silo como estratégia de SEO

Silo como estratégia de SEO

O Silo pode ser definido como uma forma de desenvolvimento e organização do conteúdo de um site, por meio de tópicos e informações relacionadas e agrupadas.

O Silo é uma forma de organizar o conteúdo de um website de maneira sistemática.
A estrutura de Silo envolve o conteúdo da homepage do site contendo um tópico geral que aponta para outras páginas de sub tópicos complementares por meio de links nas palavras-chaves. Essas páginas, por sua vez, contêm links internos apontando para outras páginas com a sub tópicos, ainda mais específicos, e relacionados de forma estruturada.

Os Silos, além de proporcionar uma melhor navegação e usabilidade, podem também ser utilizados como uma estratégia de SEO – otimização de sites – com a finalidade de melhor posicionar as páginas junto aos resultados das buscas dos buscadores, como por exemplo, o Google.

Assim, os sites que apresentarem uma melhor forma de organização do conteúdo e que apresentem maior facilidade de navegação e localização de informações relevantes ao assunto pesquisado, podem aparecer primeiro que os demais, o que pode ser obtido com a estrutura de Silo.

A criação de um site de sucesso envolve mais do que apenas um bom layout e conteúdos relevantes. Envolve também planejamento, organização e estruturação de páginas.

Por Priscila Falchi – Especialista em Marketing Digital e fundadora da Modernizza

Como melhorar o seu site

Como melhorar o seu site

Saiba como melhorar o seu site para obter melhores resultados para a sua empresa. Boa leitura!

O site corporativo é uma das melhores ferramentas de comunicação de uma empresa, seja de pequeno, médio ou grande porte.

No entanto, muitos sites possuem falhas ou pontos a ser melhorados. Alguns ajustes podem contribuir para o aumento de audiência e consequentemente gerar melhores resultados em comunicação e vendas.

A primeira dica para melhorar o desempenho de um site é a inserção  de  conteúdos relevantes que despertem interesse do público-alvo. E, para atrair este público, é importante gerar conteúdos que tenham palavras-chaves, estrutura de páginas com silos e termos relacionados ao seu negócio de atuação.

Outros pontos a serem considerados é o design, a comunicação visual e a linguagem, que devem estar de acordo com o perfil dos seus prospects e clientes.

Para atrair leitores, é necessário que seu site tenha uma boa visibilidade junto aos resultados dos sites de buscas, sendo que, para obter um bom posicionamento é preciso aplicar as técnicas de SEO – otimização de sites.
A visibilidade também pode ser aumentada se o site for divulgado junto às mídias digitais.

Para saber se o site possui uma boa audiência é necessário monitorar os resultados. Existem ferramentas de monitoramento das quais se destaca o Google Analytcs, que é gratuito e fornece dados estatísticos e métricas de performance.

Por Priscila Falchi – Especialista em Marketing Digital e fundadora da Modernizza